São Miguel em Alta Notícias

quarta-feira, 27 de outubro de 2021

Presos limpam Cemitério de Pau dos Ferros para o Dia de Finados

Internos privados de liberdade de Penitenciária Estadual de Pau dos Ferros realizam trabalho de limpeza e capinagem no Cemitério Público do município, deixando-o pronto para o  Dia de Finados, no próximo dia 2. O serviço está sendo executado desde a semana passada, graças a um convênio entre a Prefeitura e a Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP). Os mesmos presos realizaram serviço de limpeza no hospital da cidade e, em breve,  atuarão em praças e escolas da cidade.

Segundo a diretora da penitenciária, Elaine Fontes, sete presos, todos do regime fechado, estão aptos ao trabalho externo. Todo trabalho é supervisionado de perto por policiais penais da unidade e do Grupo de Escolta Penitenciária (GEP). As atividades são informadas à Justiça para que a pena possa ser remida em um dia para cada três dias trabalhados.

Para a diretora, “a Lei de Execuções Penais é seguida a risca em Pau dos Ferros”. “Temos um ciclo completo. Com ressocialização através do trabalho e assistência à saúde, religiosa e educacional. Tenho muitos testemunhos de egressos que hoje estão inseridos na sociedade”, disse Elaine Fontes.

A SEAP tem fomentado o trabalho envolvendo mão de obra carcerária no Rio Grande do Norte. Com a Prefeitura de Pau dos Ferros, um convênio de cooperação para inclusão de mão de obra carcerária em ciclos produtivos de confecção de bens e prestação de serviços foi formalizado em setembro. O convênio foi assinado entre o secretário da SEAP, Pedro Florêncio, e a prefeita Marianna Almeida, com a anuência do juiz de Execução Penal, Edilson Chaves.

Para o secretário Pedro Florêncio, o trabalho no sistema prisional viabiliza a ressocialização e a inclusão social. O trabalho envolvendo presos, disse Florêncio,  já é uma realidade com projetos bem sucedidos em obras nos hospitais Maria Alice Fernandes, João Machado e Giselda Trigueiro, em Natal, no Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró, além da recuperação de escolas e carteiras escolares.

ASSECOM

Criminosos são presos após assaltarem família e ameaçarem matar criança de 7 anos

Dois homens e uma mulher assaltaram na noite dessa terça-feira (26), uma família residente no bairro das Quintas, zona Oeste de Natal. Segundo as vítimas, durante a ação, a assaltante, colocou a arma no rosto de uma menina de sete anos.

Após o assalto, o trio fugiu levando o carro da família, um prisma de cor branca. Na fuga, um popular que presenciou a ação atirou contra os criminosos, que conseguiram fugir. No veículo ficaram as marcas da violência. Dois suspeitos acabaram presos minutos depois no bairro do Bom Pastor, após render uma motorista de aplicativo.

Novo Notícias

POLÍCIA MILITAR PRENDE ACUSADO DE ESTUPRAR ADOLESCENTE DE 13 ANOS EM GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO-RN

Policiais Militares do destacamento da cidade de Governador Dix-Sept Rosado, prenderam na segunda-feira, 25 de outubro de 2021, Aurélio Pereira de Souza, acusado por estupro de vulnerável contra uma menina de 13 anos naquele município.

Após ser preso pelos militares, o acusado foi apresentado ao Delegado Antônio Teixeira dos Santos Júnior na Delegacia de Polícia Civil de Plantão em Mossoró, onde após a oitiva a autoridade policial autuou o mesmo por infração ao artigo 217 do Código Penal Brasileiro.

Em seguida ele foi encaminhado para a Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Sousa, onde se encontra preso a disposição da justiça. Art. 217-A. Ter conjunção carnal ou praticar outro ato libidinoso com menor de 14 (catorze) anos: Pena - reclusão, de 8 (oito) a 15 (quinze) anos.

 Fim da Linha

Igreja é arrombada e coroa de ouro de imagem de Nossa Senhora da Piedade é furtada no interior do RN

Uma coroa cunhada a ouro, doada à igreja e colocada na imagem de Nossa Senhora da Piedade no município de Espírito Santo foi roubada entre a noite de terça (26) e madrugada desta quarta-feira (27).

O caso só foi descoberto pela manhã, quando voluntários que trabalham no local chegaram para abrir a igreja.

O padre Alexandre Rossino, administrador da paróquia de Espírito Santo, afirmou que uma janela da sacristia, que fica por trás do altar onde a imagem da santa está, foi arrombada.

A janela dá acesso ao cemitério e ao Rio Jacu, que cruza a cidade. Esses locais ficam por trás da igreja, onde não há rua e não há muito movimento.

Ele foi à Delegacia de Polícia Civil mais próxima, que fica na vizinha cidade de Goianinha, para fazer o boletim de ocorrência.

A coroa é cunhada de ouro e foi doada para igreja em setembro.

"Não sabemos qual horário, qual foi o momento, mas a igreja foi arrombada e levaram a coroa de Nossa Senhora. Pedimos ajuda de todos que souberem do paradeiro de quem fez isso, que nos comunique, para que essa pessoa possa devolver a coroa", afirmou o padre.

A devoção a Nossa Senhora da Piedade é muito forte na região do agreste do RN. A imagem vinda de Portugal está na cidade há mais de 140 anos.

Ayrton Freire, Inter TV Cabugi

Vacinação contra a covid-19 passa a ser obrigatória para servidores

Diante da necessidade de estimular a adesão ao plano nacional de vacinação contra a covid-19, o Governo do Rio Grande do Norte publicou nesta quarta-feira (27) o Decreto Nº 31.022, que dispõe sobre o dever funcional de vacinação no âmbito do serviço público estadual.

Com isso, os órgãos e entidades da administração pública estadual direta e indireta precisam comunicar, no prazo cinco dias úteis, todos os servidores e empregados a fim de que apresentem comprovante da vacinação.

A comprovação deve ser realizada por meio de quaisquer documentos oficiais: aplicativo Mais Vacina; certificado de vacinas digital, disponível na plataforma do Sistema Único de Saúde - ConectaSUS; comprovante/caderneta/cartão de vacinação impresso em papel timbrado, emitido no momento da vacinação pelas Secretarias de Saúde, estadual ou municipal, institutos de pesquisa clínica ou outras instituições governamentais, nacionais ou estrangeiras.

O decreto tem o objetivo de garantir um ambiente de trabalho com risco reduzido de contaminação, preservando a saúde coletiva e assegurando um cenário epidemiológico favorável no estado.

O agente público que não tiver se vacinado deverá apresentar declaração com a devida justificativa médica ou técnica. Sem motivação justa, o ato de negar a vacina passa a ser considerado falta disciplinar passível de sanção, podendo ir da advertência até a suspensão ou mesmo a demissão, em caso de manutenção da recusa.

Antes de instaurar processo administrativo disciplinar, a chefia imediata ou setor de recursos humanos do órgão ou entidade deverá notificar o servidor que, elegível para vacinação, tenha decidido não se imunizar para que possa buscar imunização ou apresentar justificativa.

Fundase/RN